quarta-feira, 26 de abril de 2017

segunda-feira, 24 de abril de 2017

To love you is my choice, to stay or not is yours and it will always be.


~{LMS

sábado, 22 de abril de 2017


Ok, it is an activity of my english book, so, you probably don't understand about why. 
This is one of my favourite photo. I like this because I was having a good day with my boyfriend (he wasn't a boyfriend at that time), and I was happy and smiling truly, even though I wasn't so pretty and I was very chubby, it is a good memory of a good and beautiful sunny day in the park. I really like this memory and how he managed to capture my state of mind in this photo. 

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

The answer is YES! 

Vamos nos permitir! Toda história, mesmo as que têm um fim, possuem também um começo. É preciso arriscar para viver, dar o primeiro passo, só assim poderemos transformar nossas dúvidas em certezas, nossas inseguranças em algo concreto, buscando a felicidade do outro e mantendo sempre nossos espaços e lutas individuais, aplaudindo um ao outro e dando suporte quando for preciso. Tendo sempre a certeza de que o melhor autor de histórias é Deus e a nossa história já foi escrita pelas Suas mãos. Vamos confiar na providência divina, que trará as respostas e as certezas necessárias para a nossa caminhada aqui na Terra, tudo anda amarradinho com Deus, deixemos que Ele guie nossos passos.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Sobre medos

Eu tenho medo de dar errado, claro, todos nós temos... medo de não ser aquilo que sonhamos, de nos decepcionarmos, de não corresponder a expectativa criada. Tenho medo de você me descobrir cheia de defeitos e sumir, desistir, esquecer, não insistir, desistir... Esse medo é comum... todo mundo tem, a insegurança quanto a vontade e a certeza do outro nos fazem cada vez mais receosos, cautelosos, medrosos. Mas também tenho medo de dar certo, de olhar atrás desse muro de concreto em minha frente e me deparar com uma vida totalmente diferente, tenho medo de que você não compreenda minhas inseguranças e me julgue, tenho medo de ser você o "cara" que foi me recomendado, que foi reservado pra mim, que está na minha história... isso me assusta, me dá medo pensar em viver pra sempre com você, mas como sou capaz de pensar nisso com facilidade! Tenho medo do que virá, de como virá, de ser mais do que um simples gostar, no fundo todo mundo tem um medinho daquilo que não conhece, não sabe como será, que não se pode preparar praquilo acontecer.. todo mundo tem medo de dar o primeiro passo numa sala escura.. de não ter certeza do que vai encontrar e de que se estará preparado para tal.
Sabe, apesar do medo, eu tenho muita facilidade de imaginar nós dois juntos lá na frente, daqui uns 10 anos mais ou menos, você me acalma, e pensando bem toda vez que fico nervosa com algo, procuro refletir sobre o porque aquilo me deixa triste ou estressada. Esses dias fiquei muito chateada com o fato de você não estar disponível para mim, a real era que você dormia e eu desejava te entregar algo pra aliviar a dor da sua garganta, e o fato de você não me atender de imediato não era nada de mais.. eu sei... mas pela minha facilidade em visionar la na frente, ou por sempre esperar muito dos outros, me senti totalmente insegura naquele momento... senti como se você estivesse indisponível pra mim pra sempre.. talvez eu só pense no pior, mas se fosse sua mulher te ligando pra pedir socorro porque a bolsa estourou, ou seu pai tentando ter a ultima conversa com você, mas você não atendia... você não fez por mal, eu sei, mas a sensação de insegurança e de que não posso contar contigo foi inevitável.. quando precisar de preencher formulário no item "em caso de emergência ligar para:" qual a segurança de que se colocasse seu número você atenderia? Você não deveria ser a pessoa na qual eu mais confiasse? Como posso contar com alguém que sempre deixa o celular no silencioso pois nada é suficientemente importante pra tirar seu sossego? e sabe,  se "alguém precisar de verdade sabe onde te encontrar" nem sempre é possível naquele momento urgente. Foi pensando no cara do futuro que fiquei magoada com o cara do agora, que não tinha muita culpa, mas não me deu a segurança de que posso contar contigo sempre. Uma vez você me disse que significou muito pra você ouvir da sua ex que você era a unica pessoa que ela podia confiar, que ela se sentia a vontade, que ninguém ali lhe trazia a segurança e o conforto que você lhe proporcionava, isso me faz ficar questionando quanto você está disposto a ser essa pessoa pra mim,  pois digo, ela não disse isso atoa, ela disse porque você foi capaz e insistiu pra proporcionar pra ela esse sentimento de segurança, de que estará sempre ali pra ela, você buscou mostrar isso pra ela, buscou desenvolver a confiança dela em você, com suas atitudes, com seu jeito, com sua vontade, e dai eu penso, porque pra mim ele não se esforça? Porque ele não quer ser esse porto seguro pra mim? Ou será que estou sendo muito exigente? Ou talvez ele de fato não se dedica em me tratar com carinho, prioridade, complacência, amor, dedicação, como se dedicou pra ex, porque pra mim ele não faz questão de ser essa referência? Todos nós somos carentes de alguém que nos atenda de imediato, que podemos contar em casos de emergência, que desejamos a presença, a boa vontade do outro, que o mundo pode desabar, mas essa pessoa sempre vai estar aqui comigo, pra sempre, e eu posso contar com ela, todo o tempo, toda hora, sempre. No fundo eu só quero alguém que seja meu cais e que possa descansar tranquila no conforto da segurança de ter esse esse alguém pra mim.